segunda-feira, 28 de março de 2011

Seu lugar

Vivo em um lugar fora de mim, um lugar em que não habito como outrora, lugar este que agora pertence a ti, pois a maior parte do tempo és tu que lá permaneces.
Entretanto você desconhece tal lugar, afinal eu vendei teus olhos e lá te coloquei sem que tu te apercebesses, fostes para lá de forma tão repentina que nem eu soube te explicar e descrever o modo como chegar...
Que lugar então será este, talvez esteja a questionar, será que haverá possibilidade de resgatá-lo de lá? Ou será que de todas as conseqüências do seqüestro tu estás a gostar? 
Vai ver você já percebeu que no meu coração é o seu lugar!

2 comentários:

Hugo Freitas disse...

Nayran, meus parabéns pela linda poesia.

É raro encontrarmos poetisas em São Luís. Seu texto flui com muita leveza e sensibilidade. Gostei muito.

A partir de agora, poderei contemplar sua obra mais de perto, já que acabo de me tornar um dos que te seguem na blogosfera.

Aproveito para convidá-la a conhecer e se tornar uma das seguidoras do meu blog também.

www.hugo-freitas.blogspot.com

Dessa forma, poderemos estreitar ainda mais nossos laços comunicacionais.

Abraços fraternos.

Hugo Freitas

Nayran disse...

Muito obrigada meu querido!
que bom que gostou, sinta-se a vontade para visitar mais vezes mesmo :D

vou olhar o seu sim, agoraaa! heheh
abraços \o/