segunda-feira, 13 de junho de 2011

Amor natural (Reencontro)


O sol brilha no céu anunciando o nascer de mais um dia, as flores lindas a embelezar o jardim, o orvalho regando o campo... O cheiro de terra molhada invade o ar, que sopra forte balançando as árvores que felizes dão sombra e deixam cair suas folhas para que assim outras possam florescer...  A contemplar todo esse espetáculo da natureza está Mirela, que nesse momento possui seus cabelos despenteados pelo vento, ela alva como a luz da manhã, e radiante de felicidade como o sol, (que agora começa a ser encoberto pelas nuvens) aguarda ansiosamente a espera daquele que se aproxima, podendo ainda vê-lo ao longe, a descer os montes e colinas verdejantes...  Trás ele consigo uma rosa do campo, e em seu coração a esperança de encontrar a amada a sua espera, apressa, portanto os passos, pois anseia brevemente tê-la em seus braços...

Gotas de chuva começam a despencar do céu outrora límpido, cada vez mais forte, porém, Mirela mantém o brilho no olhar e a vontade de seu doce amor encontrar! Os minutos estão a passar, e cada vez mais perto está... Quão bom será junto a ele ficar!
A alguns passos de distância, ela pode o avistar... E semelhante a um filme, em câmera lenta os olhos se encontram a brilhar, um forte abraço demorado pra nunca mais separar ele então lhe dá... De mãos dadas juntos saem a passear, banho de chuva a tomar, grama a baixo rolar...
É bom sonhar!

bjs,
Nayran Mendes

Um comentário:

Sapo disse...

Coach!