quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Últimas palavras


E quando o meu dia enfim chegar e eu não mais o brilho dos teus olhos puder contemplar, saiba que minhas últimas palavras aqui encontrarás e todo o amor que tenho guardado em meu peito eu levarei para as profundezas da terra comigo.
Por favor, não chores, de nada adiantarás que tu derrames tuas lágrimas, portanto guarde-as contigo, afinal não me darias maior alegria que saber que teu sorriso ainda há de brilhar mesmo que eu me vá...
Esse sorriso que tanto me fez sorrir e chorar... Que me fez amar e desamar, que me fez viver e também morrer...
A Senhora Soturna quando vier ao meu encontro de certo saberá o que fazer, e tu, portanto não chores meu bem querer.
Bjos
Nayran Mendes




Nenhum comentário: