quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O que queres de mim?



Queria muito saber o que queres de mim de fato; Você costuma chegar como o sol que aparece no céu sem pedir licença pra brilhar, e ilumina os meus dias, depois desaparece sem deixar vestígios... Afinal o que queres de mim?
Vai e vem sem avisar, e quando vem parece que vai ficar... Mas não fica... Você disse que estaria sempre comigo, mas eu aprendi que o pra sempre, sempre acaba...  Eu não sei ainda o que queres de mim, tudo parece estranho e eu ainda não consegui compreender...
Sofrer! Será que essa é a regra do jogo do amor? Se for abriremos uma exceção, pois não estou a fim de machucar meu coração...
O que queres de mim então? Diga-me, eu odeio esperar! Diga-me, acima de tudo eu quero me amar! Diga-me ou pretendes me fazes chorar? Desculpa mas, nesse caso sinto em te decepcionar... As lágrimas já não querem rolar...
Ainda ouço seu chamar, ainda sinto o perfume no ar... Ainda insisto em te lembrar... Ainda... Mas até quando? Até quando vou ficar me perguntando: O que queres de mim "benjamim"?

Nayran Mendes


(Texto Registrado. Mencione minha autoria)

Nenhum comentário: