sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Sublime ser


O coração costuma bater descompassado e apressado quando ele chega... Não sei o que se passa, meu ser se enche de graça...
Eu costumava saber descrever quando isso costumava acontecer, mas hoje eu não sei o que dizer, é diferente e eu desconheço o porquê...
O pensamento teima em desvanecer, não sei mais o que fazer, é difícil conter... Só dá você, e assim não pode ser...
Sublime ser!


Bjos,
Nayran Mendes...



(Texto Registrado. Mencione minha autoria)

2 comentários:

Aaaronnn disse...

Um rico e belo texto, bem inspirado. PARABÉNS.

FeSemDuvida disse...

Belo texto!Abraço!