sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Libriano


Homem de libra
Moeda de ouro inglesa, mas que pra mim vale muito mais.
Vida
Que a mim não pertence totalmente, mas, que a culpa é só do quase...
Libra
Estrela que no zodíaco ocupa sétimo lugar, mas em minha constelação está em primeiro...
Seu Id: juízo ao extremo
Seu Superego: a busca da perfeição sempre
Sua pedra astral: Água-Marinha
Sua cor: o branco cintilante
Seu número da sorte: 31
Seu bem: meu bem
Seu destino: ser meu refém.

Bjos,
Nayran Mendes



(Texto Registrado. Mencione minha autoria)

2 comentários:

Angela Moura (Anjo Dourado) disse...

Que legal! Também sou libriana! Bjs

Derek Soares Castro disse...

Um lindo poema, Nayran, convido-te a me visitar, até mais.