quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Krikkitiano



No meio de tanto asteróides, galáxias e planetas inexistentes num misto de robô que se faz de gente ele apareceu... Nem sei bem porque... Por que mesmo? "Estranho", "improvável" e "impossível" talvez...
De outro planeta...
Não de Júpiter, Saturno ou Plutão, mas, Krikkit
Será que ele se disfarça de pacato tal qual os habitantes de lá? Será que uma sangrenta guerra aqui vai comandar ao saber que sozinho neste espaço-tempo não está?
Apertem seus cintos a nave Krikkitina vai decolar...Missão: A chave escondida no asteróide encontrar e o planeta salvar.


Nayran Mendes


(Texto Registrado. Mencione minha autoria)

Um comentário:

POETA DE MARTE disse...

Conheço esse planeta, fica perto do meu. Abraço marciano.