sábado, 2 de fevereiro de 2013

Vambora


Me diz ai, tem coragem?
Coragem de jogar tudo pro alto
Fazer as malas e sair por ai?
Sair pelo mundo esquecer de tudo
Não de todos, apenas dos necessários.
Me diz ai tem coragem?
Vambora, me da a mão
Esquece o medo, ele não te faz bem.
Põe aquele vestido, solta esse cabelo
O dia está tão lindo. Vem!
Vou te dar meu coração, cantar aquela canção...
Te fazer ainda mais feliz.
E então o que me diz? 

Nayran Mendes
(Texto Registrado. Mencione minha autoria)  

3 comentários:

PauloRobertus disse...

O CONTEÚDO DE SUA OBRA COLOCA EM EVIDÊNCIA O SEU TALENTO, PARABÉNS.RENOVO AQUI O CONVITE PARA QUE VENHAS A MEU RECANTO, TE OFERTO HUMILDEMENTE AS OBRAS DE HOJE:"O SOL EM MEU POEMA", "POR INTEIRO", "CATIVO DO AMOR" E " FRIO DA SOLIDÃO".TAMBÉM ESTÃO DISPONIBILIZADOS OS AUDIOS DE ALGUMAS MUSICAS DE MINHA AUTORIA AQUI PUBLICADAS, SE PUDERES, CONVIDO-LHE A DAR UMA OLHADA,SUA OPINIÃO É DEVERAS VALIOSA.GRDE ABRAÇO.

Marcelo Riboni disse...

Poetisa, vambora? Para a terra da poesia, do sonho e da alegria? Seu desejo que a pessoa que mais ama te acompanhe para sempre, mas por que não ficar ai mesmo e ser feliz? Qualquer lugar é o melhor lugar ao lado do amor. Muito bom seu poema e te convido, não sem algum constrangimento, a retribuir a visita e ler alguns dos meus rabiscos humildes aqui e deixar por lá umas palavras, de apoio. Abraços do sul...

Claudenir disse...

Vambora siow rsrsrrsr... olha só eu nem te conheço direito e já me entroso assim rsrs... Nayran gosto deste estilo de poesia, sai da cultualidade sem perder a essência, uma forma de verbalizar e mostrar q a poesia é mesmo diferente e ímpar... abraços meus... bom te ver!!!