quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Você me faz tão bem


Tão sozinho, sem rumo, e perdido... Você me encontrou.
Sentindo-me tão mal, com o emocional abalado... Você me cativou.
Sem risos, ‘sem vida’, sem alegria... Você assim me encontrou, e me proporcionou algo que há tempo desconhecia...
Não sei se a vida inteira por mim você procurou só sei que agora me achou, e demonstrou tanta alegria ao estar em minha companhia. Eu penso em você noite e dia... Você me faz bem!
Quão bom é experimentar essa sensação, sentir pulsar o coração, ouvir de perto sua respiração... Suave e harmoniosa canção...
Ah, como você me faz tão bem! Faz-me sentir como ninguém...
Quero que saibas: ‘Eu te quero muito bem’.
Bjos,
Nayran Mendes...
(Texto Registrado. Mencione minha autoria)

2 comentários:

Pedro Leite Júnior disse...

Eu também gostaria que alguém me encontrasse.

Flávia Bitencourt disse...

Liiiiiiiiiiiindo, amiga!