quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Incompreensão

Sabe, eu queria entender mais as pessoas, por que elas são tão complicadas, enjoadas, desatinadas... Não sei compreender! Elas são egocêntricas e ao mesmo tempo carentes, por dentro tristes e por fora sorridentes...
Pessoas... Tristes pessoas...
Pensam saber de tudo, mas na verdade de nada sabem... Precisam das outras para sobreviver, mas, não ‘dão o braço a torcer’.
Importo-me com as pessoas, também gosto que se importem comigo, mas, sabe, tem gente que não se importa consigo, muito menos com os outros, e quando alguém com eles se importam não dão o devido valor. Que horror!
Tenho aversão a essas pessoas, e apesar de tudo não consigo deixar de me importar com elas afinal, eis me aqui a falar delas (ou para elas), mas não garanto o pra sempre. Acredito que um dia a gente cai em si e para de dar valor a quem não valoriza. Um dia!
To tentando apressar esse dia, to cansada de sozinha viver a me importar!


Nayran Mendes
(Texto Registrado. Mencione minha autoria)

Nenhum comentário: